Resenhas

A Semana dos Bruxos, Diana Wyne Jones | Resenha

09 setembro, 2020 por
Livro:
Diana Wyne Jones

Reviewed by:
Rating:
5
On 09/09/2020
Last modified:09/09/2020

Summary:

Mais um livro da Diana W. Jones, cujo trabalho eu amo de paixão.
Preciso dizer mais alguma coisa?

‘A Semana dos Bruxos’: o terceiro universo dos Mundos de Crestomanci

A Semana dos Bruxos é o terceiro volume da saga Os Mundos de Crestomanci, da maravilhosa Diana Wyne Jones, uma das minhas autoras favoritas no momento.

E você talvez venha a perguntar: “mas você não lê livros de outros autores, não?”

É claro que leio. Mas admito que, depois que conheci o trabalho da Jones, isso ficou um pouco mais complicado. Eu acho muito difícil não começar um novo livro dela logo depois de terminar outro.

Se você gosta de livros com muita magia e fantasia, provavelmente vai me entender se ler alguma coisa dela.

A Semana dos Bruxos, diferente dos outros livros que conheço da Diana, se passa em um universo onde a bruxaria é absolutamente proibida. Em um mundo com uma história mágica trágica, ser um bruxo pode significar uma sentença de morte.

Ninguém, absolutamente ninguém, é poupado.

A história é ambientada no Internato de Larwood, que é justamente uma escola para órfãos de bruxos. E, como toda boa história precisa de um grande problema para se tornar, de fato, uma boa história, um bilhete perturbador começa a circular pela sala de aula do Sr. Crossley, que diz:

ALGUÉM NESTA SALA É UM BRUXO.

Bom, em um universo onde a magia é absolutamente execrada, isso é um problema e tanto.

A Semana dos Bruxos já começa com uma bomba, que é o infame bilhete acima transcrito. E isso deixa os alunos do internato alvoroçados e preocupados, desconfiando uns dos outros e se descobrindo também.

Talvez não haja apenas um bruxo no Internato de Larwood.

Mas achei esse terceiro volume de Os Mundos de Crestomanci um pouco diferente dos volumes anteriores. Até certo ponto, a narrativa foi um pouco mais devagar, até acelerar abruptamente e as coisas começarem a acontecer bem rápido.

Porque o Crestomanci, o sr. Perfeição, chega para colocar ordem na bagunça. Exceto que, desta vez, as coisas estão tão bagunçadas, que sequer Crestomanci parece capaz de resolver tudo tão facilmente.

E acho que essa diferença foi justamente uma das coisas que mais me surpreendeu. Eu nunca tinha visto o Crestomanci tendo dificuldades com alguma coisa.

Quanto ao trabalho da Geração Editorial, tem a mesma pegada que nos volumes anteriores, com capa dupla — o que é bem legal, porque parece meio interativo — e arte no início de capítulo. Mas ainda sinto falta das orelhas de capa — vou falar disso até o último volume da saga.

A Semana dos Bruxos foi mais uma história maravilhosa de Jones para a minha lista, que está cada vez mais longa. E eu estou bem feliz por isso.

LEIA TAMBÉM:

Vida Encantada

Os Magos de Caprona

Título: A Semana dos Bruxos | Autora: Diana Wyne Jones | Tradutora: Eliana Sabino |Editora: Geração | Páginas: 268

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário