ResenhasRetiro Literário

Mona Lisa – A Mulher Por Trás do Quadro, de Dianne Hales | Resenha

20 maio, 2020 por

Mona Lisa – A Mulher Por Trás do Quadro, de Dianne Hales, publicado aqui no Brasil pela editora José Olympo, foi uma leitura sensacional, que me permitiu viajar para Itália e no tempo através do poder da imaginação. Mas isto só foi possível, claro, graças a uma escrita plena e uma pesquisa extraordinária realizada pela autora.

A obra conta quem foi Mona Lisa, a misteriosa mulher da célebre pintura de Leonardo da Vinci. Através das páginas deste exemplar, descobrimos que Lisa vinha de uma família nobre, os Gherardinis, e se casou com Francesco del Giocondo, que não tinha sangue azul, mas era um rico comerciante de tecidos. Por isso, há quem conheça o quadro como “A Gioconda”, devido ao sobrenome de seu marido que foi quem encomendou o quadro para Leonardo da Vinci.

Hales elabora um panorama amplo da Itália na época de Leonardo. Ela aborda os costumes sociais, a economia, o cenário político, tudo com o intuito de construir uma Itália completa e real para os leitores.

Achei muito legal que a escritora se coloca como personagem em Mona Lisa – A Mulher Por Trás do Quadro. Ela discorre sobre quem entrevistou, quais lugares visitou e o que encontrou por lá de informação. Nós caminhamos junto com ela pelas ruas de Florença, pela Itália, vemos o que ela vê, ouvimos o que ela ouve e, aos poucos, a Itália atual se transforma na Itália renascentista.

Além da narrativa sobre Lisa, Dianne Hales também fala sobre Leonardo da Vinci. Contudo, a obra pinta (com o perdão do trocadilho) um Leonardo que, além de gênio, também é humano. Conheci diversos fatos que anteriormente não sabia sobre ele. Posso falar o mesmo sobre Lisa. Na verdade, eu não tinha a mínima ideia de quem era esta mulher por trás do ilustre quadro. E Lisa, além de todas as características possíveis que uma mulher pode ter, também foi tão humana e tão real quanto Leonardo foi. Como já se passaram muitos séculos entre a existência daquele tempo e o agora, esquecemos que Leonardo foi um homem de verdade. Que Lisa foi uma mulher de verdade. Estamos tão acostumados a ouvir falar deles como deuses e lendas que esquecemos que, um dia, os dois andaram por esta terra assim como nós.

São quase 400 páginas no total, incluindo as referências bibliográficas, porém, Mona Lisa – A Mulher Por Trás do Quadro não é enfadonho ou arrastado. Me peguei várias vezes lendo este livro por puro prazer. A minha motivação por trás da leitura não foi para riscar mais um livro da minha lista ou para aprender mais sobre o mais famoso quadro de da Vinci. Queria ler simplesmente pelo prazer de ler um bom livro.

Mona Lisa – A Mulher Por Trás do Quadro tem muita informação e também muitas páginas de bibliografia, então, com certeza, terei que reler a obra em outro momento para não só relembrar certas passagens como para aprender novidades também. Muitas vezes nós não absorvemos tudo que uma obra tem para oferecer na primeira leitura. Somente com uma segunda, ou até terceira leitura, é que aprendemos mais ou percebemos algo que não tínhamos percebido na primeira vez. Este é, com certeza, um livro para se ler mais de uma vez.

Título: Mona Lisa – A Mulher Por Trás do Quadro | Autora: Dianne Hales | Tradutor:  Martim Vasques da Cunha e Tiago Sartaling de Mendonça | Editora: José Olympo | Páginas: 392

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário