Ed e Lorraine Warren – Demonologistas, de Gerald Brittle | Resenha

‘Ed e Lorraine Warren – Demonologistas’: uma aula sobrenatural

Antes de continuar a ler as palavras a seguir, caro leitor, um breve aviso. Você já deve ter percebido somente pelo título, que o conteúdo do livro é sobre demonologia. Este não é um assunto para todos, logo se você é uma pessoa facilmente impressionável, sugiro que você nem continue lendo esta resenha, muito menos o livro em si. Agora, se você quiser continuar, será por sua própria conta e risco e, claro, será um prazer ter sua companhia.

“Apesar disso, o que se pode dizer é que todas as informações apresentadas neste livro são verdadeiras. Estes são casos reais que aconteceram a pessoas reais e, ressalvadas algumas poucas exceções, todos os incidentes ocorreram durante a segunda metade da década de 1970. Além disso, foi grande o cuidado para que fossem incluídos tão somente os casos dos arquivos dos Warren que tivessem sido testemunhados por clérigos e exorcistas ordenados, ou, em determinadas circunstâncias secundárias, as ocorrências em que os principais envolvidos eram críveis e confiáveis, e cujos comentários estivessem gravados claramente em fita. Deve-se enfatizar ainda que não há exageros ou hipérboles na apresentação dos fenômenos descritos neste livro. De qualquer forma, o espaço simplesmente não permite a inclusão de detalhes assombrosos que são necessários para inventar qualquer caso específico.”

‘Ed e Lorraine Warren – Demonologistas’. Introdução do autor. Página 12. Segundo parágrafo.

Se deparar com a afirmação acima logo nas primeiras páginas do livro foi – como eu gosto de dizer – como levar um soco no estômago e aqui vai a minha primeira observação. Se o autor do livro avaliou que o parágrafo acima é importante suficiente ao ponto de acrescentar uma nota sobre o conteúdo da obra, eu não considero levianas estas palavras.

Para aqueles que estão antenados no mundo paranormal ou sobrenatural, vocês já sabem quem são Ed e Lorraine Warren. Do pouco que eu conheço sobre o assunto, posso afirmar, sem muito receio, de que trata-se de dois dos maiores investigadores paranormais dos EUA. Foram eles que investigaram alguns dos casos sobrenaturais mais famosos, alguns até se tornaram filmes como Amityville. Lorraine, hoje, é uma senhora de 95 anos, enquanto Ed faleceu aos 80 anos de idade, em 2006.

Demonologistas discorre sobre alguns casos investigados pelo casal mantendo o foco em espíritos demoníacos e o caos que eles podem causar. A sensação que eu tive ao ler este livro é que o objetivo dele não é só educar as pessoas sobre os problemas que essas entidades podem causar, mas alertar que eles devem ser evitados a QUALQUER CUSTO.

A estruturação do livro, contudo, é um pouco confusa. Tive a impressão de que o autor não sabia que tipo de história queria contar nem como contá-la. Isto me desnorteou bastante. A obra tem uma pegada mais romântica quando discorre sobre os casos, mas mescla com intercessões de explicações feitas pelos Warren, que também estão descritas de maneira romantizada. Em um momento, nos deparamos com entrevistas das pessoas afetadas pelo caso Annabelle; no outro, voltamos ao escritório de Ed Warren, onde ele faz uma explicação sobre algum fenômeno ou termo utilizado. Ou acompanhamos uma palestra realizada pelo casal e, em seguida, estamos a caminho de uma investigação.

Acredito que o texto de Demonologistas se beneficiaria muito de uma reestruturação. Talvez, seguir um raciocínio, uma lógica, uma linha de pensamento pudesse até ajudar os leitores a não se perderem. Se a narrativa primeiro abordasse o caso e, depois, viessem as explicações, seria melhor para acompanhar a história.

O livro é uma introdução bem leve ao assunto demonologia. Como a própria obra afirma, outras publicações sobre o assunto são quase exclusivamente escritos por clérigos ou possuem uma forte temática religiosa. Então, se a sua vibe não for esta, este é um bom começo. Ele é mais didático e passa a impressão de que Ed e Lorraine queriam realmente instruir as pessoas sobre o que é demonologia e os perigos que tais entidades podem provocar.

A principal mensagem deixada por Lorraine e Ed – onde quer que ele esteja – é não fazer o que essas pessoas fizeram. Não se inspirem nos acontecimentos deste livro. Não usem a sua energia para o mal e sim para o bem! Já existe muita maldade no mundo sem a nossa contribuição.

FnacLivraria CulturaLivraria da TravessaSaraivaSubmarino

 

 

 

 

 

Renata Bacellar

Cineasta, publicitária, marketeira que sonha em passar seus dias escrevendo! Apaixonada por storytelling, seu mundo, coração e alma estão repletos pela magia dos livros, filmes e músicas...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.