Não Olhe! – Livro 2, de FML Pepper | Resenha

book:
FML Pepper

Reviewed by:
Rating:
5
On 07/10/2016
Last modified:05/03/2017

Summary:

Nessa continuação, Pepper consegue evoluir a sua trama de maneira coerente e objetiva, num livro emocionante e cheio de reviravoltas!

‘Não Olhe! – Livro 2’: uma continuação eletrizante, arrebatadora e surpreendente

É possível fugir do destino? E quando aqueles que mais amamos são os que mais nos decepcionam e nos fazem sofrer? Vale a pena lutar por um amor supostamente condenado ou colocar em risco a própria vida? Essas e muitas outras perguntas nós nos fazemos durante a leitura de Não Olhe!, segundo volume da trilogia de FML Pepper, publicado pela editora Valentina.  Tensa, eletrizante e surpreendente, a continuação consegue nos hipnotizar a cada página, a cada gancho brilhantemente desenvolvido pela autora.

na%cc%83o-olhe-foto-1

Para evitar dar spoilers, uma vez que é uma continuação, irei apenas resumir os fatos. A obra começa exatamente do ponto onde o primeiro livro parou, mas não necessariamente seguindo a trama original. Oi? Como? Pois é. Eu também fiquei assim, tão confusa quanto a Nina, quando as informações dos acontecimentos pareciam não se encaixar. Isso porque, finalmente, a híbrida chega a Zyrk e, no meio de encontros, desencontros, descobertas, desilusões e surpresas, ela precisa, de uma vez por todas, aprender (ou não) em quem confiar. Tarefa nada fácil, quando até aquele que ela pensava ser o amor da sua vida, dono de um belo par de olhos azuis, não se comporta da maneira esperada. Junte a isso também, uma profecia sobre a híbrida, levada a sério por alguns, nem tanto por outros, que muitos acreditam ter um significado duplo: Nina poder ser a salvação ou a desgraça de Zyrk. Tá bom, né?

na%cc%83o-olhe-foto-2

Um segundo livro de uma trilogia geralmente serve como uma transição para o último e derradeiro volume. Certo? Claro. Mas Pepper não quis saber de enrolação e resolveu brincar só mais um pouco com os nossos corações. Ação? Reviravoltas? Suspense? Romance? TEMOS! Tudo isso! E vale destacar também a evolução da narrativa. A autora parece mais solta e mais confiante no desenvolvimento da trama, o que torna a leitura ainda mais ágil e cativante. Também narrado em primeira pessoa, seguimos nessa jornada através do ponto de vista de Nina e, portanto, nada mais natural do que a nossa relação com a protagonista ficar um pouco saturada, à medida que ela, como toda boa adolescente, chega no seu ápice de indecisão e de atitudes completamente impulsivas e, sim, um pouco irritantes. Ao mesmo tempo, não consigo não me compadecer de seu destino e do turbilhão de emoções ao qual Nina é submetida. Gente, pelo amor. A menina perde tudo, vai parar numa outra dimensão com pessoas completamente esquisitas, nem um pouco cordiais e completamente não confiáveis. Isso depois de fugir da morte, muitas vezes. Literalmente. Sendo que uma parte dessas pessoas parece querer salvá-la e outra, continuar tentando matá-la. Assim, pensando friamente, acho que eu também surtaria, de vez em quando.

Em Não Olhe!, além da volta de alguns personagens repugnantes (Kevin e Colin, essa é para vocês!), voltamos a suspirar também com aqueles protótipos de príncipes-nada-encantados-mais-para-ovelhas-negras. Richard está cada vez mais atormentado pelos sentimentos com os quais ele não sabe lidar e consequentemente mais ameaçador, mais agressivo, arrogante, prepotente, egocêntrico, irritante e… completamente sedutor. Sabe aquele personagem que você ama e odeia? Quer bater e agarrar? É tipo isso. Só que, agora, também temos John. Aaah, John. Era o lado que faltava para equilibrar a balança e desnortear ainda mais uma pobre e completamente perdida Nina (vamos que combinar que, com esses dois, está mais para sortuda e iluminada Nina, não?). Com alguns novos e importantes personagens (sobre os quais não falarei para não estragar a surpresa), a trama começa a se desenrolar de maneira bastante surpreendente e incógnita. Pepper definitivamente sabe como prender seus leitores e estimular a nossa curiosidade.

Com um final alucinante e arrebatador, Não Olhe! consegue superar – com honras – o desafio de um segundo livro de sustentar uma trama já iniciada e principalmente de preparar o terreno para a sua conclusão, respondendo a algumas perguntas e gerando milhares de outras, de maneira coerente e objetiva. Um livro que prende e faz querer muito mais!

Banner Saiba onde comprarFnac Livraria CulturaLivraria da FolhaLivraria da TravessaSaraivaSubmarino

na%cc%83o-olhe-ficha-2

 

 

 

 

 

Nessa continuação, Pepper consegue evoluir a sua trama de maneira coerente e objetiva, num livro emocionante e cheio de reviravoltas!

Juliana d'Arêde

Jornalista de coração. Leitora por vocação. Completamente apaixonada pelo universo dos livros, adoraria ser amiga da Jane Austen, desvendar símbolos com Robert Langdon, estudar em Hogwarts (e ser da Grifinória, é claro), ouvir histórias contadas pelo próprio Sidney Sheldon, conhecer Avalon e Camelot e experimentar a magia ao lado de Marion Zimmer Bradley, mas conheceu Mauricio de Sousa e Pedro Bandeira e não poderia ser mais realizada "literariamente". Ainda terá uma biblioteca em casa, tipo aquela de "A Bela e a Fera".

2 comentários em “Não Olhe! – Livro 2, de FML Pepper | Resenha

  • 13/11/2016 em 13:41
    Permalink

    Nunca Li nenhum livro da série. Na verdade, nem conhecia.
    Mas esta capa me deixou bem curiosa. Estou encantada

    Resposta
    • 16/11/2016 em 16:41
      Permalink

      Oi, Romildes!

      Olha, eu sou suspeita, mas não é só a capa não! Os livros são incríveis!!

      De verdade! Eu fiquei bastante impressionada. E já vou para o terceiro! 😉

      Vale a pena mesmo! Espero que você goste!

      Obrigada pelo comentário.

      Beijos,

      Juliana

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.