Resenhas

Ventos de Mudança, de Beverly Jenkins | Resenha

30 novembro, 2021 por
Review of:

Reviewed by:
Rating:
4
On 30/11/2021
Last modified:30/11/2021

Summary:

Ventos de Mudança: Quando o romance de época sai das ruas de Londres, o gênero pode sair ganhando?

Ventos de Mudança

Com um casal delicinha de acompanhar, como todo bom romance de época, Ventos de Mudança da autora Beverly Jenkins ganhou destaque na minha estante por sair do lugar comum. O primeiro volume da série Mulheres Pioneiras, trazido ao Brasil pela editora Arqueiro, transporta o leitor para fora das ruas de Londres e de perto de seus duques, condessas e lordes, para colocá-lo na cidade de Nova Orleans, logo após o final da Guerra de Secessão.

Ventos de Mudança

Valinda Lacy tem um sonho: ela quer ensinar a comunidade de ex-escravos a ler e a escrever para que, assim, suas vidas possam de alguma forma melhorar. Filha de um pai autoritário, ela consegue autorização para ir a Nova Orleans dar aulas, enquanto seu noivo está fora do continente a trabalho. Desde o início, Valinda tem dificuldades em sua missão, entretanto, quando supremacistas brancos invadem e queimam sua sala de aula, e ainda tentam atacá-la, tudo parece perdido. É nessa hora que conhecemos a metade da laranja de Valinda, o capitão Drake LeVeq.

Ventos de Mudança

Ventos de Mudança me surpreendeu positivamente do início ao fim da leitura. A escolha de local e a época em que se passa a história fazem com que seu protagonismo negro tenha ainda mais destaque, por mostrar pessoas fortes que correm atrás dos seus direitos e que tentam ao máximo melhorar a vida de todos os que as cercam, ajudando a conseguir um trabalho, ensinando ofícios e protegendo de injustiças.

A narrativa é fluida e muito leve, com uma escrita fácil e envolvente, daquelas que você não sente o tempo passar e, quando repara, já terminou o livro. Com personagens extremamente cativantes, as mulheres da trama se destacam e são o ponto alto da obra. Com personalidades marcantes, independentes e destemidas, elas não têm medo de serem o que são. Valinda, por sua vez, é idealista e leal. Corre atrás dos seus sonhos para melhorar a vida daqueles que lhe cercam e não desiste, mesmo diante das adversidades (e olha que são muitas!).

Ventos de Mudança

Foi algo bem interessante ver as questões deixadas pela escravatura e como eram as tentativas para resolvê-las. Pude entender um pouco também como o colorismo funcionava na sociedade norte-americana, através de alguns personagens Creoles.

Essa foi uma leitura muito gostosa e recheada de reflexões. Aguardando ansiosamente o próximo livro!

Título: Ventos de Mudança | Autora: Beverly Jenkins | Tradução: Isadora Synai   | Editora: Arqueiro | Páginas: 240

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário