Resenhas

Os Diários de Amora – O Zoológico Petrificado, de Joris Chamblain e Aurélie Neyret | Resenha

01 junho, 2021 por

‘Os Diários de Amora’: uma mistura perfeita de história com uma linda arte

Os Diários de Amora – O Zoológico Petrificado

Foi um grande acaso simplesmente topar na história em quadrinhos Os Diários de Amora – O Zoológico Petrificado, escrita por Joris Chamblain e desenhada por Aurélie Neyret, publicada pela editora Nemo. A julgar pela sinopse, comecei a ler esperando por uma história bem infantil. Mas me deparei com um enredo emocionante e muito, muito bonito — sem falar das artes absolutamente maravilhosas.

Os Diários de Amora – O Zoológico Petrificado

Os Diários de Amora mostra uma das aventuras da personagem principal. Duvido você adivinhar o nome dela — dica: olha no título.

Enfim, Amora é uma menina extremamente curiosa, que tem uma queda por mistérios e adora desvendá-los, com a ajuda das suas duas melhores amigas, enquanto registra tudo em seu diário.

A bola da vez é um senhor misterioso, que todos os dias entra na floresta perto da cidade onde mora a Amora — mora a Amora… tenta repetir isso cinco vezes rápido — e desaparece entre as árvores. E detalhe: ele está sempre carregando latas de tinta.

Quem é esse cara? Para onde ele está indo? Por que ele carrega latas de tinta?

Os Diários de Amora – O Zoológico Petrificado

São as perguntas que Amora faz ao seu diário. E, no fim, ela acaba descobrindo todas as respostas. Mas, se você quiser descobrir também, pode comprar o livro e ler. Eu recomendo muito.

Na boa, estou esperando pelos próximos quatro volumes dessa história maravilhosa, que já foram lançados, todos, porém, em línguas que eu não falo!

Eu ainda não me conformei.

Os Diários de Amora – O Zoológico Petrificado

De qualquer forma, o material que a editora trouxer para nós está fantástico — pelo que vi, a capa estrangeira é diferente e eu gostei mais da que nossa. Valeu mesmo, Nemo! Já pode publicar os demais — amanhã pode ser?

Os Diários de Amora é aquele tipo de livro que você consegue ler a qualquer hora — seja pela história deliciosa, seja pelas artes lindíssimas, seja pelos dois — e, quando termina, tem vontade de voltar para o início e ler tudo de novo. Eu mesma, depois que terminei de ler, voltei para o início e fiquei repassando as páginas, apenas para admirar esse trabalho incrível.

Título: Os Diários de Amora – Vol. 1 : O Zoológico Petrificado Autora: Joris Chamblain| Ilustradora:  Aurélie Neyret | Tradução: Fernando Scheibe   | Editora: Nemo | Páginas: 80

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário