Retiro Literário

Sexta Semana do Retiro Literário – Especial Halloween

29 outubro, 2020 por

 

O Retiro Literário volta revigorado depois de uma longa pausa! Peço desculpas pelo sumiço, mas a verdade é que estava passando por uma ressaca literária. Às vezes, acontece. Não estava nem um pouquinho animada para ler. Olhava para os livros da minha lista e nenhum deles conseguiu chamar a minha atenção. Pensei bastante se seguia em frente e continuava a ler, mesmo sem vontade nenhuma, ou se esperava esse mau humor passar. Resolvi esperar porque achei que esta falta de motivação iria afetar e influenciar negativamente a minha leitura. Foi a escolha certa a se fazer no final das contas!

Além deste projeto, continuo com as parcerias aqui do site e foi graças à Globo Livros e à Faro Editorial que me curei desta indisposição! Estas editoras publicaram dois romances lindos e fofos (“A Caderneta de Endereços Vermelha”, Sofia Lundberg, da Globo Livros e “A lista que mudou minha vida”, Olivia Beirne, da Faro Editorial) que li e resenhei. Com a conclusão destes textos, finalmente me empolguei para voltar com o Retiro! E decidi voltar com tudo!

Como estamos no mês de outubro, nada melhor do que fazer uma leitura com a temática do Halloween, não é mesmo? Fui até a estante onde estou guardando os exemplares do Retiro e achei três obras perfeitas para comemorar este dia! Selecionei Psicose, de Robert Bloch, A Sangue Frio, de Truman Capote, e The Green Mile (À Espera de um Milagre), de Stephen King. Eu sei que este último não é considerado terror. Ele está mais próximo do gênero da fantasia, na verdade, mas, como diz o próprio sobrenome do autor, King é o rei do terror, então ele tinha que entrar nesta lista!

Comecei com A Sangue Frio, de Capote. Esta obra prima só fez o meu amor pelo escritor crescer ainda mais! Ele está chegando bem perto de desbancar Shakespeare como meu autor favorito (nunca pensei que um dia eu falaria isso!). O livro é maravilhoso! É fácil perceber como a sua publicação criou um novo gênero na literatura, que é o jornalismo literário. A prosa é diferente de uma não-ficção e, ao mesmo tempo, também não é somente um romance. Eu gostei muito mesmo e estou animada para descobrir mais histórias do autor. Farei uma resenha do exemplar em breve para vocês!

Em seguida, peguei Psicose, de Robert Bloch, para ler. A versão que tenho foi publicada pela editora DarkSide, então é claro que o projeto gráfico é um arraso! Agora, preciso confessar uma coisa… A cineasta em mim ficou super envergonhada quando descobriu que o filme célebre de Hitchcock é baseado neste texto. Não sabia que o diretor comprou três mil exemplares nas livrarias e os trancou em um galpão só para manter em segredo o final da trama de Bloch, como aprendemos na orelha da obra. Foi uma leitura bem rápida e surpreendentemente leve, que fiz em um fim de semana. Faz tempo que não faço uma resenha em GIFs, então, passe lá no Instagram do Vai Lendo para descobrir mais sobre ele!

Para terminar, li The Green Mile, de Stephen King. Queria ler algo em inglês e, como estava planejando este post temático para o Halloween, achei que seria uma escolha perfeita. E foi! Que enredo incrível! Amei de paixão! Como eu tinha visto o filme há anos, não me lembrava claramente da trama, o que foi ótimo porque acabou sendo uma narrativa quase inédita para mim! Contudo, aquela máxima de que o livro é sempre melhor do que o filme reinou neste caso. Vai ter resenha também! Aguardem!

E assim chegamos ao final deste post especial Halloween! Espero que vocês tenham gostado e estou muito feliz em retomar este projeto! Com estes três textos já concluí 60% da meta! Será que eu consigo terminar os outros 40% até o final do ano? Torçam por mim! Já estou cozinhando algumas ideias para o próximo post, então fiquem ligados! Até mais!

 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário