Resenhas

A Menina do Outro Lado #3, de Nagabe | Resenha

24 agosto, 2020 por
Mangá:
Nagabe

Reviewed by:
Rating:
5
On 24/08/2020
Last modified:24/08/2020

Summary:

O terceiro volume de A Menina do Outro Lado me mostrou que a história está prestes a ficar mais agitada e interessante. Estou bem ansiosa para o próximo

A Menina do Outro Lado #3: agora, sim, a história está começando a andar

Embora eu deva admitir que o tipo de história de A Menina do Outro Lado, de Nagabe, publicado pela DarkSide Books, não é exatamente o que eu costumo ler — ela é um pouco sombria demais, eu acho —, tem algo nela que me impele a continuar seguindo a série.

Mais perguntas

Inicialmente, eu achava que era só a relação entre os dois personagens principais — a Shiva e o Sensei, cujo nome ainda desconhecemos —, mas, depois de ler o terceiro volume, acho que a própria falta de explicações me faz querer continuar. Eu tenho perguntas demais e quero as respostas.

Consegui algumas nesse terceiro volume, mas ironicamente elas fizeram surgir mais perguntas ainda. Olha só que beleza!

Até o momento, tudo o que sabemos é que Shiva, uma garotinha — aparentemente humana e normal — vive do outro lado do muro da cidade dos homens, onde estão as criaturas amaldiçoadas — monstros horrendos e, pelo visto, imortais, cuja maldição pode ser transmitida através do toque. Ela vive com o Sensei, que também é uma criatura amaldiçoada, mas que parece ser diferente das outras. Isso porque ele gosta e protege a Shiva contra as outras criaturas e até contra si mesmo, evitando tocá-la a todo custo.

Terceiro volume

Bom, isso é um resumão do início da história só para te situar — e bem resumido mesmo, porque para eu dar um spoiler sem querer não custa. Se quiser saber mais detalhes — e tem mais detalhes —, vá ler o mangá. Divirta-se!

O terceiro volume nos apresenta uma nova personagem, a tia da Shiva, que parece ter ido buscá-la para levá-la de volta para casa. Começa justamente com a Shiva sendo levada pela tia e por um grupo de soldados. O Sensei até tenta impedi-los, mas acaba fracassando — inclusive, achei uma cena bem forte e gostei bastante. Então, eles ficam separados; a Shiva é levada de volta para o lado dos humanos com a tia, enquanto o Sensei continua do outro lado do muro, onde vivem os amaldiçoados.

Mas é claro que isso vai dar em encrenca — e é encrenca trágica. E é claro que não vou falar mais nada, por causa do lance dos spoilers, né.

Expectativa

Até o momento, os dois primeiros volumes não esclareceram muita coisa. Na verdade, só fizeram surgir muitas e muitas perguntas, como: por que a Shiva foi abandonada do outro lado do muro? Que maldição é essa? Que lugar é esse onde se passa a história? Quem é o Sensei, afinal? Por que ele gosta tanto da Shiva? E por que ela não tem medo dele nem das outras criaturas, como todo mundo?

E, depois do terceiro livro, surgiram mais perguntas ainda — perguntas essas que eu não vou colocar aqui, porque acho válido que você leia e faça suas próprias perguntas. Mas, ao mesmo tempo, agora eu consegui ver que a história está caminhando porque surgiu finalmente um problema com o qual os nossos protagonistas vão ter que lidar e houve, eu diria, grandes mudanças que vão afetar o andamento da história, como o surgimento da tia da Shiva; os motivos dela para aparecer; as atitudes do Sensei, que, para mim, disseram muito a respeito dele e me fizeram mudar um pouco a minha opinião; e, principalmente, sobre a própria Shiva, que me deixou bem surpresa e com muitas dúvidas.

Em suma, eu gostei desse terceiro volume e, agora sim, eu acho que a história está caminhando e tem tudo para ser chocante.

Quanto ao trabalho da editora, está excelente. É a primeira série de mangás que eu leio que tem capa dura e todo um tratamento diferenciado do material. Eu gostei disso — sem falar que fica lindo na estante. A Darkside Books está mandando muito bem com esse mangá e espero que lancem o próximo logo.

O terceiro volume de A Menina do Outro Lado me mostrou que esperar que as coisas realmente começassem a acontecer valeu a pena. Estou ansiosa para a continuação.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário