Resenhas

Black Hammer #3 – Era da Destruição, Parte 1, Jeff Lemire, Dean Ormston e outros | Resenha

12 julho, 2020 por

Quando tive a oportunidade de ler o primeiro volume da série de HQ Black Hammer, um projeto de Jeff Lemire, Dean Ormston, Dave Steawart e Todd Klein, publicada no Brasil pela editora Intrínseca, eu pensei: “por que não?”.

O primeiro volume foi um pouco parado, mas com mistérios e suscitando perguntas o suficiente para me fazer querer ler o segundo; que ainda deixou muitas perguntas no ar, mas definitivamente trouxe um belo gancho para uma história mais agitada e com algumas reviravoltas bem malucas.

E, finalmente, eu consegui o que estava esperando no terceiro volume, que teve ação, aventura e, enfim, respostas. A única coisa que está faltando são soluções para os problemões que foram criados ao longo da série.

Agora é a parte em que eu começo a falar um monte de SPOILER. Vou colocar um alerta aqui embaixo só para te dar mais um tempo para pensar se continua a ler ou não.

[ALERTA DE SPOILER. CONTINUE POR SUA CONTA E RISCO]

Nos dois volumes anteriores, somos praticamente jogados em um lugar desconhecido, onde estão os heróis protagonistas. Tudo o que eles querem fazer é sair dali, mas não sabem como. E nem nós, que sabemos tanto quanto eles.

Mas a repentina e inexplicável chegada de Lucy, a filha do herói mais poderoso do grupo — e que morreu tragicamente —, começa a agitar um pouco as coisas, especialmente porque, como a boa repórter que é e por ter misteriosamente perdido a memória de como chegou ali, ela começa a fazer perguntas e a investigar. Isso nos leva até o final do segundo volume, que é justamente Lucy assumindo o lugar do pai, como Black Hammer.

[ACABOU O SPOILER. PODE VOLTAR A LER]

Esse terceiro volume se resume a apenas isso: nós finalmente descobrimos onde os heróis estão e como eles foram parar ali. Ainda sobrou história para um quarto volume, mas a sensação de finalmente saber um pouco mais do que está acontecendo é ótima.

E eu adorei! Mal posso esperar pelo volume 4.

Como os volumes 01 e 02 foram basicamente uma apresentação do ambiente, dos personagens e do problemão que é toda a situação, não precisamos de nada disso no terceiro volume. Ou seja, tudinho é voltado apenas para a história em si, para reviravoltas, absurdos e respostas.

A arte da HQ se mantém como nos volumes anteriores, seguindo o estilo de um comic book clássico e, depois do fim da história, somos presenteados com rascunhos e algumas ilustrações mostrando o processo de criação.

Quanto ao trabalho da editora, está dentro dos mesmos conformes que os dois volumes anteriores e eu não tenho nada do que reclamar.

Finalmente, a série Black Hammer mostrou que a espera valeu a pena. Eu gostei muito do andamento da história e estou com grandes expectativas para o quarto volume.

Leia também: Black Hammer #1 + Black Hammer #2

Título: Black Hammer #3 – Era da Destruição, Parte 1 | Autores: Jeff Lemire, Dean Ormston, Dave Steawart e Todd Klein | Tradutor:  Fernando Scheibe Editora: Intrínseca | Páginas: 136

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário