Blog

#ClássicosIntrínseca: personagens extraordinariamente marcantes

08 abril, 2020 por

Chegamos à metade da Semana Especial #ClássicosIntrínseca, promovida pela editora Intrínseca, na qual estamos falando sobre um dos nossos livros preferidos da vida: Extraordinário. Já contamos pra vocês um pouquinho da nossa história com a obra e falamos sobre o enredo, mas, hoje, é dia de exaltar aqueles que fazem de Extraordinário o livro maravilhoso que é: seus personagens.

R.J. Palacio nos presenteou com tantas personalidades distintas e carismáticas, tantas características marcantes, que ler Extraordinário é quase como vivenciar uma terapia. Porque é um livro que faz a gente repensar as nossas próprias atitudes e o nosso papel dentro da sociedade. A começar, claro, pelo próprio Auggie. Um garotinho de apenas 10 anos, mas com uma bagagem que pouca gente grande conseguiria carregar. Auggie é uma emocionante mistura de seriedade com aquela ingenuidade infantil que traz leveza e aquece o nosso coração. Mesmo em seus momentos mais difíceis, ele é capaz de arrancar lágrimas e sorrisos dos leitores.

Assim como a família Pullman, que inclui, claro, a cadelinha Daisy. E, agora, sinto um nó na garganta. Porque todos esses personagens são tão especiais, tão importantes. E ter a oportunidade de ver o mundo de Auggie através de suas perspectivas é extremamente enriquecedor. Isabel, Nate, Via e Daisy são os pilares de Auggie. Eu simplesmente os amo. Do fundo do coração. Não à toa, Auggie é tão sensível e especial. Porque ele vem de uma família onde o amor supera e fortalece qualquer coisa. Onde o amor ensina e forma. E, ainda assim, eles não deixam de ser humanos e de terem sentimentos “reais”, sabe? E a gente entende tudo. E sente com eles. Ainda mais agora, que sou mãe.

E o que falar das crianças? Dos amigos de escola do Auggie? Jack Will, Summer e, até mesmo, Julian. Sinceramente, escrevo lembrando de todos eles e meus olhos se enchem de lágrimas. Julian acabou comigo no livro Auggie & Eu, que eu recomendo fortemente para aqueles que desejam se aprofundar nesse universo maravilhoso de Extraordinário e saber um pouco mais sobre alguns personagens que aparecem na trama, mas não possuem capítulos com seus pontos de vista. Mesmo com pouca idade, essas crianças já mostram saber tanto sobre empatia e amizade que é de emocionar. E é com eles que Palacio nos mostra a beleza de aprendermos com os nossos erros e de termos o coração aberto. Auggie e seus amigos são personagens que eu nunca vou me esquecer e que eu carrego com um carinho enorme no coração e na mente.

Eu nunca poderia concluir este texto sem uma menção honrosa a personagens que podem até ser considerados coadjuvantes, mas, para mim, são tão protagonistas quanto todos os outros. Como não se emocionar com a sensibilidade do Sr. Buzanfa (gente, cada vez que eu lia o nome do diretor da escola, confesso que soltava uma gargalhada) e com a sabedoria e os preceitos do Sr. Browne? Com certeza, Extraordinário não seria a mesma coisa sem eles. E é o Sr. Buzanfa que, para mim, é responsável por um dos momentos mais lindos de toda a história. E isso só mostra a capacidade de Palacio de criar e desenvolver plenamente suas personagens. Sorte a minha e a de quem tem o prazer de conhecê-las.

 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário