Resenhas

50 Anos de Jornada nas Estrelas, de Edward Gross e Mark A. Altman | Resenha

’50 Anos de Jornada nas Estrelas’: uma viagem pela maior série de ficção científica da História

Dessa vez, devo admitir que fui ousada e me aventurei com um gênero bem diferente do que estou acostumada. O livro foi o volume 1 da série 50 Anos de Jornada nas Estrelas, escrito por Edward Gross e Mark A. Altman, publicado no Brasil pela Globo Livros.

A primeira coisa que me chamou a atenção quando soube desse livro foi, é claro, a sua relação com a produção da franquia Jornada nas Estrelas – que é uma das maiores histórias televisivas de ficção científica que existem. Eu nunca tinha assistido nenhum episódio da série e nem os filmes… até que comecei a ler esse livro.

"50 Anos de Jornada nas Estrelas"

Sendo assim, como eu sempre gosto de pesquisar os assuntos sobre os quais estou lendo – e também porque tornaria a leitura bem mais fácil se eu conhecesse a história pelo menos minimamente –, assisti os filmes. E, bom, tenho que admitir que adorei – sério mesmo, como eu nunca tinha assistido antes? É totalmente do meu gosto.

De qualquer forma, eu esperava – e tenho que dizer que até mesmo torcia – que o livro falasse do processo de filmagem e produção em um texto narrativo. Mas o que tive foi algo bem diferente.

O livro inteiro é montado com pequenos – de, no máximo, uma página e meia – depoimentos dados por algumas das pessoas que fizeram parte da série – o criador Gene Roddenberry, alguns atores, roteiristas, produtores, diretores etc. Como o livro está separado em tópicos, falando da origem da série, do crescimento, dos problemas pelos quais passou, os depoimentos foram separados de acordo com esses tópicos.

"50 Anos de Jornada nas Estrelas"

Só sei que deve ter dado um trabalho colossal reunir todos os depoimentos, de tanta gente – e depois ainda organizar cada um deles por tópico.

Sincera e pessoalmente, eu achei o livro bacana – me fez descobrir uma história que eu desconhecia e da qual gostei bastante, o que é, no mínimo, muito legal – e fico feliz por ter lido. Mas não acho que seja um livro que vá agradar muita gente. Acho que apenas fãs da série – exceto os doidos como eu, que não são fãs, mas têm um grande potencial para se tornar – e, mesmo assim, alguns – porque, cá entre nós, nem todo mundo tem interesse em saber do que acontece por trás das câmeras, o que não é crime nenhum, só estou expondo um fato. O que quero dizer é que a editora provavelmente vai ter algum trabalho para encontrar público para esse livro.

Mas, para todos os efeitos, eu gostei. Aprendi e descobri coisas novas – sem falar que eu realmente adoro saber do que acontece por trás das câmeras de filmes e programas, eu realmente acho isso um barato.

Quanto ao trabalho da editora, está impecável. É com muita alegria que digo que, pela primeira vez em um bom tempo, encontrei um livro com a revisão perfeita – e isso, meus caros, é mais difícil do que encontrar um dinossauro vivo hoje em dia. A capa está lindíssima – inclusive, mais de uma vez me pararam na rua para perguntar sobre o livro porque haviam achado a capa muito maneira –, a diagramação está ótima – ainda mais porque o material tinha tudo para ser confuso, mas conseguiram deixá-lo muito claro e coerente. Enfim, a editora está de parabéns!

"50 Anos de Jornada nas Estrelas"

50 Anos de Jornada nas Estrelas é um livro que provavelmente não vai atrair ou agradar qualquer um. Mas aqueles que curtem esse assunto e principalmente que curtem a série e a história de Jornada nas Estrelas (podem me imaginar fazendo o símbolo dos Vulcanos com a mão).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.