Temporada de Acidentes, de Moïra Fowley-Doyle | Resenha

book:
Moïra Fowley-Doyle

Reviewed by:
Rating:
4
On 20/05/2016
Last modified:05/03/2017

Summary:

Um Young Adult mais sombrio, cheio de segredos e acidentes!

‘Temporada de Acidentes’: uma narrativa cheia de segredos e, claro, acidentes

'Temporada de Acidentes', de / Divulgação
‘Temporada de Acidentes’, de Moïra Fowley-Doyle / Divulgação

Proteja as quinas das mesas, evite acender o fogão e tire as facas de circulação. Cuidado! Se for sair de casa, coloque roupas em excesso e evite também praticar exercícios. Todo ano é a mesma coisa. Outubro chega e começa a “temporada de acidentes”, evento misterioso que assola Cara e sua família, tornando-os vulneráveis a qualquer tipo de acidente, e dá título a obra de Moïra Fowley-Doyle, publicada pela editora Intrínseca. Em alguns anos, apenas cortes e arranhões, em outros, até a morte, como aconteceu com o pai de Cara e com tio Seth.

Esses são os piores anos e este também promete…

Tenso, não? Mas, calma, a história fica ainda melhor! Na temporada de acidentes deste ano, Cara faz uma descoberta assustadora. Vasculhando suas fotos pessoais, ela descobre que em todas uma figura se faz presente: Elsie, uma menina sem muitos amigos que estuda na mesma escola. Quando Cara vai questionar essa “coincidência”, Elsie desaparece e ninguém tem muita informação sobre ela. Ao lado da irmã, Alice, do irmão postiço, Sam, e da amiga Bea, Cara começa uma busca para desvendar este mistério, ao mesmo tempo em que tenta driblar os acidentes do mês de outubro. Neste percurso, segredos vêm à tona e a narrativa fica cada vez mais interessante.

A leitura é frenética!

Não dá para desgrudar de Temporada de Acidentes. A cada página, você se envolve mais com a obra de Fowley-Doyle. Mais do que isso, você mergulha nos segredos por trás de Elsie, o verdadeiro fio condutor da narrativa. A concepção da “caixa de segredos”, então, nem se fala. É uma ideia fantástica que se conecta à trama. Além disso, no desenrolar da história, surgem os questionamentos da adolescência, comuns no gênero Y.A., mas, pelo fato de o livro ser curto, provavelmente, alguns leitores poderão sentir falta de um desenvolvimento melhor de certas problemáticas. Eu, sinceramente, não me incomodei, pois acredito que o foco do livro é mais o suspense (por que ocorrem os acidentes?) do que as questões íntimas dos personagens (mesmo que ambas estejam entrelaçadas). No entanto, na minha humilde opinião, acho que a autora poderia desbravar mais a fundo por outros mares: o do terror.

Fowley-Doyle tem história original e muito interessante. Um prato cheio para intensificar o medo. Algumas descrições poderiam ser mais detalhadas. Arriscando mais no sombrio, em vez de focar demasiadamente em sonhos e devaneios. A trama tem um forte potencial para o terror; ela deveria ter abusado mais disso (desculpem o desabafo, sou fã do gênero e, quando vejo uma boa oportunidade de explorar os ingredientes – Elsie, Irlanda e casa assombrada – perdida, me sinto na obrigação de comentar).

Com exceção dos devaneios – como falei acima, são dispensáveis-, a escrita da autora é ágil e objetiva. Ela não enrola. Vai direto ao ponto. Isso é bom! Em cada capítulo, acontecem novos fatos que fazem com que você não queira largar o livro. Outro ponto que me agradou em Temporada de Acidentes foi os personagens. Consegui ter apreço por todos – o que é quase uma raridade. É nítido, principalmente no término da leitura, os dilemas de cada um deles e, assim, fica fácil compreender as suas atitudes. Aí vai um adento: um dos pontos que o gênero Y.A. traz para a literatura é a complexidade da representação dos jovens. Como tem que ser! Mesmo que a premissa principal tenha uma pegada mais de mistério, a obra reflete esta característica e fortalece o gênero.

'Temporada de Acidentes' / Facebook Intrínseca
‘Temporada de Acidentes’ / Facebook Intrínseca

Temporada de Acidentes é aquele livro cheio de segredos que gera o efeito “QUERO SABER O FINAL, AGORA!”. Em contrapartida, tem também o outro efeito “NÃO QUERO QUE ACABE”, com aquele receio de que o final não supere as expectativas. Acredito que, nesse conflito, o principal é você curtir genuinamente o mistério. Esse é o barato! Dificilmente uma obra supera as expectativas e consegue ser tão arrebatadora como as especulações. A obra de Fowley-Doyl não foge a esta regra. Fiz muitas elucubrações. Algumas se concretizaram e outras, me pegaram de surpresa. Digo que a autora ligou boa parte dos pontos e fez um desfecho digno. Se você curte o gênero e quer algo um pouco mais sombrio, recomendo – e muito! – a leitura de Temporada de Acidentes.

Banner Saiba onde comprar

FnacLivraria CulturaLivraria da FolhaLivraria da TravessaSaraivaSubmarino

Ficha Técnica Temporada de Acidentes

 

 

 

 

 

Um Young Adult mais sombrio, cheio de segredos e acidentes!

Daniel Lanhas

Apaixonado por histórias, tramas e personagens. É o tipo de leitor que fica obsessivamente tentando adivinhar o que vai acontecer, porém gosta de ser surpreendido. Independente do gênero, dispensando apenas os romances melosos, prefere os livros digitais aos impressos, pois, assim, ele pode carregar para qualquer lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.