Não Pare! – Livro 1, de FML Pepper | Resenha

book:
FML Pepper

Reviewed by:
Rating:
5
On 01/04/2016
Last modified:20/05/2016

Summary:

O início de uma história surpreendente e totalmente viciante!

‘Não Pare! – Livro 1’: FML Pepper nos arrebata com uma trama ousada, emocionante e que é literalmente impossível parar de ler

downloadAté quando podemos enganar a morte? Ou mesmo o destino? Qual é o limite do ser humano para conseguir realizar os seus sonhos? Às vezes, os nossos maiores medos são justamente o nosso ponto de partida para a transformação. Ainda que, a princípio, o que parece estar reservado para nós não seja exatamente aquilo que esperamos. Mas isso não quer dizer também que não seja o certo. É preciso abrir a mente e correr atrás, se despir das inseguranças. E deixar que a vida nos mostre o caminho, por mais tortuoso que possa ser. É com essas questões que a autora FML Pepper nos arrebata com o viciante e audacioso Não Pare!, primeiro volume de sua trilogia, publicado pela editora Valentina.

Na trama, acompanhamos a difícil jornada de Nina Scott, uma jovem de 16 anos obrigada a lidar com a paranoia da mãe, que a obriga a se mudar constantemente não apenas de cidade, mas de país cada vez que sente o perigo se aproximando. E, como que para corroborar o temor extremo de Stela, a garota parece ser bastante azarada, escapando de situações bizarras e quase fatais. Como se isso já não fosse o bastante para prejudicar a sua vida social, Nina também nasceu com pupilas raras e incomuns: verticais. Até que, para alegria da filha, Stela resolve ficar em Nova York, e, pela primeira vez, Nina acredita que terá a chance de estabelecer conexões e finalmente ser uma adolescente normal. O que, claro, não é possível. Sentindo paralisantes calafrios, perda de visão e de memória e envolvida em uma série de mortes e acidentes inexplicáveis, Nina terá que enfrentar os seus piores medos e encarar a morte de perto. Literalmente. E descobrir como tudo isso está ligado à sua improvável existência.

Há muito queria começar a ler essa trilogia e felizmente só comprovei que a minha vontade estava de acordo com a qualidade do livro escrito por Pepper. A narrativa é surpreendente e eletrizante. A criatividade da autora e seus ricos detalhes acrescentam muito à trama, que foge do óbvio do sobrenatural e nos apresenta um novo e instigante universo. Narrado em primeira pessoa, Pepper nos presenteia com uma protagonista carismática e até que com senso de humor, apesar de todo o seu infortúnio. Impossível não se apegar à Nina – e, até mesmo, à Stela, com todo o seu zelo excessivo, mas que se mostrou bem justificável – e a todos os desdobramentos de sua dura realidade. Lembrando que ela é apenas uma adolescente que, por sua vez, nunca teve a chance de agir como tal ou desfrutar normalmente dos dilemas, emoções e conflitos de sua idade, devido à rotina incomum a qual foi obrigada a se adaptar. Portanto, acho bastante correto e verossímil que, em determinados momentos, suas angústias e inseguranças, típicas da faixa etária, se sobressaiam à razão, principalmente após os rumos tomados pela história, sobre a qual não irei me estender para evitar qualquer tipo de revelação precoce e indesejada para não estragar o prazer dos demais leitores nessa leitura.

Foto: Simone Mascarenhas
Foto: Simone Mascarenhas

Pepper consegue mesclar com extrema clareza e agilidade os momentos de tensão (e, acredite, são muitos! Capazes, inclusive, de me fazer passar vergonha no ônibus) com um tom mais leve e romântico. Aliás, embora a protagonista da história seja uma menina, boa parte dos demais personagens é do sexo masculino, mas, cada um deles com características próprias, qualidades, imperfeições e variações de humor para TPM nenhuma colocar defeito. E Pepper se utiliza dessas diferenças para também expor a vulnerabilidade do ser humano diante de suas emoções, e as consequências disso para a sociedade. E a dinâmica de todos com Nina é simplesmente arrasadora. A química – especialmente entre ela e (suspiros) Richard – explode das páginas para os nossos corações, que são tomados por um misto de expectativa, ansiedade e nervoso. Ou seja, Nina, a gente te entende. Você nos representa. Aguenta firme!

Confesso que estou trabalhando todo o meu autocontrole para não dar mais detalhes sobre a história, porque é bastante empolgante. Assim, o que posso dizer é que, mesmo sendo o primeiro volume de uma trilogia – o que torna mais difícil para uma obra ser devidamente fechada -, Pepper soube trabalhar a narrativa de forma que, além de uma excelente apresentação de todos os seus personagens e do próprio universo ao qual a trama está inserida, houve uma conclusão satisfatória do primeiro arco, digamos assim, que deixou ainda um gancho promissor para a continuação. No fim, temos um relato tocante da própria autora sobre a realização dos sonhos. Além de inspirador, só comprova a sua sensibilidade de representar em Nina todas as nossas incertezas em relação ao futuro, bem como a nossa capacidade de superação, força e determinação. Não Pare! é um título totalmente condizente com uma história que não nos dá brecha para ser interrompida. Literalmente, não consegui parar de ler (com o perdão do trocadilho).

Banner Saiba onde comprarFnacLivraria Cultura – Livraria da TravessaSaraivaSubmarino

Não Pare! Ficha Técnica

 

 

 

 

 

O início de uma história surpreendente e totalmente viciante!

Juliana d'Arêde

Jornalista de coração. Leitora por vocação. Completamente apaixonada pelo universo dos livros, adoraria ser amiga da Jane Austen, desvendar símbolos com Robert Langdon, estudar em Hogwarts (e ser da Grifinória, é claro), ouvir histórias contadas pelo próprio Sidney Sheldon, conhecer Avalon e Camelot e experimentar a magia ao lado de Marion Zimmer Bradley, mas conheceu Mauricio de Sousa e Pedro Bandeira e não poderia ser mais realizada "literariamente". Ainda terá uma biblioteca em casa, tipo aquela de "A Bela e a Fera".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.