Resenhas

P.S.: Ainda Amo Você, de Jenny Han | Resenha

29 janeiro, 2016 por
book:
Jenny Han

Reviewed by:
Rating:
5
On 29/01/2016
Last modified:15/07/2016

Summary:

Uma continuação tão doce e apaixonante quanto o primeiro livro!

‘P.S.: Ainda Amo Você’: Jenny Han nos faz voltar a ser adolescentes apaixonados com Lara Jean nessa sequência igualmente leve e cativante

 

Ps Ainda Amo Você 1A adolescência não é fácil. Talvez, alguns saibam lidar melhor com a fase. Outros, por sua vez, precisam encarar melhor as suas próprias inseguranças. Mas, se tem alguém que sabe nos transportar novamente para esse período (sem traumas!) e abordar aquelas questões que transformam esta época em uma das mais instáveis, aterrorizantes e especiais das nossas, essa pessoa é Jenny Han. E ela apenas confirma essa habilidade singular em P.S.: Ainda Amo Você, continuação do lindo e leve Para Todos os Garotos Que Já Amei, todos lançados pela editora Intrínseca.

 

Literalmente seguindo de onde parou o primeiro livro, nos deparamos novamente com Lara Jean e suas aflições amorosas e receios que permeiam a cabeça de uma jovem de 16 anos. Sua irmã mais velha, Margot, passa as férias em casa, após ter ido estudar na Escócia, o que mexeu um pouco com a rotina da família, acostumada a ser bastante próxima (justamente por serem apenas o pai, Lara Jean, Margot e Kitty, a caçula). Após ter seus sentimentos explanados pelo envio de suas cartas de amor, a menina, agora, encara, pela primeira vez, um relacionamento de verdade com Peter. Apesar de as coisas estarem indo bem – aparentemente – Lara Jean tem que lidar com questões mais sérias com as quais não está acostumada. Como se isso não fosse o bastante, mais um garoto do passado volta a fazer parte da sua vida, mexendo com todo o seu emocional.

 

Como em Para Todos os Garotos Que Já Amei, acompanhamos a trama a partir da visão de Lara Jean, o que desde o início facilita uma identificação quase instantânea com a personagem. Muito também pelo fato de ela ser construída tão naturalmente, sem qualquer tipo de afetação ou exagero. Apenas uma adolescente normal e extremamente romântica. Quem, em seus 16 anos, não era romântica? Além disso, Lara Jean não chega a ser aquela jovem chata ou mimada. Pelo contrário. Ela é bastante insegura e, até mesmo, um pouco confusa, comportamento perfeitamente normal para a idade.

 

Ps Ainda Amo você 3

 

Muito da personalidade cativante de Lara Jean se deve também ao desenvolvimento da personagem com os demais, especialmente a sua família e a química incrível que esse núcleo querido demonstra. É muito prazeroso acompanhar a rotina das irmãs Song com seu amável e esforçado pai, que faz de tudo para suprir a falta da mãe das meninas. Mais uma vez, Jenny nos presenteia com valores importantes de maneira leve e muito divertida. Sim, porque cada membro dessa família se destaca de uma forma e possui características que complementam um ao outro. É totalmente funcional. Até mesmo a precoce Kitty que, de tão esperta, em alguns momentos, pode ser até bem chatinha (e adorável).

 

Leia um trecho de’P.S.: Ainda Amo Você’

 

Dessa vez, os personagens secundários também ganham mais espaço, o que só melhora a experiência do leitor. É impressionante como Jenny consegue mesclar gerações e apresentar tão bem realidades de diferentes idades. Boa parte das gargalhadas que o livro me proporcionou veio nas partes relacionadas ao lar para idosos. Stormy é uma figura extremamente carismática!

 

Ps Ainda Amo Você 2

 

Como não poderia deixar de ser, o romance prevalece e dita os rumos dessa história, tão envolvente quanto a primeira. E, ah, como Jenny sabe fazer a gente se sentir adolescente de novo! É delicioso acompanhar o primeiro relacionamento de Lara Jean e todas as questões que ele traz. Aliás, chamou muito a minha atenção nesse livro – e foi uma das coisas que eu mais gostei – justamente o fato de a obra tocar em assuntos “polêmicos” dessa fase. Jenny Han não se deteve, muito menos se omitiu. Ela fez questão de abordar as dúvidas e curiosidades sobre os mais variados temas levantados pelos jovens, incluindo o vazamento de um vídeo íntimo na internet. Sim, até isso. Além, é claro, dos valores de família e de amizade. De coragem para enfrentar os próprios medos e inseguranças e de superar os seus obstáculos pessoais.

 

E sabe da maior? É tudo tão natural e verdadeiro que, em nenhum momento, você se sente constrangido(a) ou incomodado(a) com qualquer situação. Eu não conhecia a autora antes de ler Para Todos os Garotos Que Já Amei, mas fiquei surpresa e profundamente envolvida com a sua escrita leve e despretensiosa, que flui num ritmo muito gostoso. E ela mantém a sua essência na continuação, levando-nos novamente a uma leitura doce e carinhosa. Parece até que estamos conversando com uma amiga. Aliás, é assim que me sinto em relação à Lara Jean (sim, eu me apego aos personagens nesse nível). É tudo feito de forma tão singela que é impossível não compartilharmos os mesmos sentimentos que a menina e nos vermos divididos entre o charmoso Peter e o encantador John.

P.S.: Ainda Amo Você é uma conclusão simplesmente apaixonante e coerente de uma história que nos traz (para aqueles que já passaram dessa fase) um ar nostálgico, aquece o coração e nos deixa com um sorriso no rosto.

 

Banner Saiba onde comprar

 

Ps - Ainda Amo Você Ficha Técnica

 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

3 Comentários

  • […] americana, autora de Para Todos os Garotos que Já Amei, P.S.: Ainda Amo Você e Agora e Para Sempre, Lara Jean (todos publicados pela editora […]

  • […] P.S.: Ainda Amo Você […]

  • […] isso com a gente através de Lara Jean, protagonista das obras Para Todos os Garotos que Já Amei, P.S.: Ainda Amo Você e Agora e Para Sempre (resenha em breve), Lara Jean, todos publicados pela Intrínseca. E, […]