GeralNotícias

Internautas lançam o ‘Booktubers Contra o Bullying’

31 julho, 2015 por

Projeto idealizado por blogueiros debate o tema do bullying através de livros e trocas de experiências pessoais

A internet rompeu barreiras e praticamente transformou o mundo em um só. Hoje em dia, estamos todos conectados, e felizmente o fato de que cada vez mais pessoas possam se comunicar dos mais variados lugares serve também para ajudar a mudar a vida de muitos que apenas gostariam de ser ouvidos ou saber que há tantos outros que passam pelos mesmos problemas e questões. Com os livros, por outro lado, somos capazes de enfrentar nossos fantasmas sozinhos. Ou melhor, acompanhados de personagens que nos ensinam a enxergar um outro lado e a acreditar em nós mesmos e que tudo dará certo. Quando juntamos a leitura com o meio digital, então, temos a oportunidade de vivenciar algo único, como a demonstração de que, de fato, a união faz a força. E principalmente mostrar que os livros e a internet podem, sim, conviver em nosso ambiente. Prova maior disso é a realização da iniciativa Booktubers Contra o Bullying, que acontece do dia 2 a 31 de agosto nos mais variados vlogs e blogs.

O Vai Lendo faz questão de contribuir com o projeto e apoia todas as ações literárias voltadas para o bem social. Esperamos que todos possam se inspirar nessa bela ideia e ajudar a divulgá-la, pois juntos sempre podemos fazer mais. Não importa de que forma. Os livros e a internet podem, e devem, unir as pessoas! Nós conversamos com nossos amigos blogueiros e organizadores da ação (nove, ao todo), que consiste em resenhas de livros que tratam sobre o tema do bullying. Cada participante escolheu um título relacionado ao assunto, de acordo com o que mais lhe marcou.

“A ideia do projeto surgiu por conta de diversas conversas que tivemos, mais pessoais mesmo, em que acabávamos comentando sobre casos de bullying que sofremos”, explicou Ana Letícia, do Poesia Destilada. “A partir disso, e do contato com alguns livros que falavam sobre o assunto, pensamos nesse projeto, que busca trazer o tema para debate e principalmente dar apoio às vitimas. Ele será executado através de resenhas de livros que tratam sobre o tema do bullying, textos e vídeos de apoio, como conversa com especialistas e também um hangout no dia 30 de agosto, onde compartilharemos nossas experiências e abriremos para que outras pessoas também compartilhem”.

Os blogueiros organizadores da ação/Foto: Arquivo pessoal

Os blogueiros organizadores da ação/Foto: Arquivo pessoal

Confira abaixo algumas das escolhas:

Ana Letícia – Poesia Destilada: escolhi A Playlist de Hayden por se tratar de um livro que fala sobre as consequências do bullying na vida de quem sofre e das pessoas ao seu redor, como acarretar a depressão, que é uma situação na qual tenho uma vivência.

Matheus Savi Mundo –  Leitor de Todo Dia: eu escolhi Por que Indiana João? por retratar o bullying na escola. O sofrimento de um adolescente e, além disso, o que pode acontecer com as pessoas que convivem com ele por causa do bullying. É um livro que traz esse tema com alguns acontecimentos reais e aborda a questão da “importância” do status na escola!

Paty Argachof – Borogodó Literário: o livro escolhido foi Perdão, Leonard Peacock,  que aborda o bullying sofrido na escola, assim como a forma que o personagem principal lidou com esses ataques e acabou optando por atacar da maneira mais brutal possível, atirando em pessoas da sua escola e optando por tirar a própria vida. Acredito que esse livro é um alerta para que situações como essa sejam bem trabalhadas dentro das escolas, em vez de serem omitidas ou consideradas problemas menores, porque a agressão psicológica acaba destruindo aos poucos o que há de humano dentro de nós, saindo da razão e pulando direto para a irracionalidade.

Jaqueline Ribeiro Barbosa – Marcando Uma Página: o livro Feios é uma distopia que aborda “o padrão de beleza da sociedade”. Enquanto Tally, a protagonista, quer se tornar perfeita depois de uma cirurgia plástica, sua amiga Shay acha que ser feio é a forma de ser belo. O título mostra que muitas pessoas sofrem bullying perante o seu corpo, não se aceitam da forma que são, e, com a sociedade que temos hoje, isso se torna ainda mais difícil.

Cleber Diniz – Estante de Garotos – eu escolhi Dois Garotos de Beijando porque é uma história onde existem vários personagens adolescentes com seus sentimentos à flor da pele descobrindo sua sexualidade, cada um com seu sofrimento, defeitos, medos; mas também existe o amor, o carinho e a amizade, mostrando que, por mais que sua vida fique difícil, há bons momentos e pessoas em que se pode confiar e esse momento é o momento que todos nós passamos, e é essencial para o autoconhecimento e amadurecimento. O livro traz uma perspectiva do bullying homofóbico.

Para os interessados em participar da ação, basta fazer um vídeo sobre um livro relacionado ao tema ou posts em blogs e redes sociais utilizando a hashtag #BCBY referentes ao assunto. E o grupo não pretende parar por aí. Ana garantiu que já há outros projetos em pauta, porém, ainda sem previsão.

“A internet é uma grande ferramenta que pode ser utilizada tanto para o bem quanto para o mal”, disse a blogueira. “Logicamente, nosso projeto vem para somar e permitir que estendamos o braço amigo para quem sofre com o bullying. Além disso, ela permite uma conexão com pessoas em qualquer parte do mundo e facilita a abertura/comunicação/desabafos das pessoas, porque, quando você não está frente a frente com alguém, fica mais fácil expor seus sentimentos”.

Para saber mais sobre o projeto acesse a página oficial.

 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário