ColunasEspeciais

Orgulho Nerd

29 maio, 2015 por

Liberte o nerd que há em você

 

Orgulho Nerd

Houve uma época em que ser chamado de nerd chegava a ser um insulto, uma forma de inferiorizar a pessoa acusada de tal “crime” social… Mas essa época, felizmente, já passou. A figura conhecida como nerd (geralmente associada com a figura do “CDF”, aquele que é muito estudioso na escola), com o tempo, ganhou espaço e notoriedade na sociedade cruel na qual tentamos nos adaptar. De forma que, hoje em dia, ser taxado como nerd não é algo ruim, em absoluto. Muitas vezes, dependendo da situação, é até um elogio e motivo de orgulho ( o exaltado “Orgulho Nerd”). Mas por que nem sempre foi assim?

Antigamente, os nerds eram vistos como seres distantes, antissociais e esquisitos. Porém, agora, posso dizer que somos vistos como intelectuais – talvez, ainda um pouco diferentes, mas, na verdade, quem é normal? E essa peculiaridade, quando bem usada, pode se tornar um atrativo e uma arma a seu favor.

Hoje, eu diria que nerds são aqueles que conseguiram encontrar uma forma de fugir da realidade, por meio da leitura, de jogos, filmes, quadrinhos e internet. Esta última, aliás, foi uma das principais responsáveis pela difusão desse tipo de cultura, uma vez que facilitou a comunicação das pessoas pertencentes a esse nicho, possibilitando o desenvolvimento de debates sobre os temas variados que circulam no meio em questão, bem como se tornou uma fonte acessível de conteúdo, oferecendo aquilo que todo nerd procura eternamente: o conhecimento.

E qual é o problema de querer buscar mais conhecimento sobre algo específico? Por que isso seria um defeito? Nenhum, em minha opinião, até porque isso nos estimula a um hábito bastante saudável: a leitura. E como buscamos essa fuga da realidade, acredito que os livros são a forma mais barata e simples de viajar. E, nesse caso, o céu nem chega a ser o limite, porque há títulos que nos levam além dele.

Como a boa nerd que sou, tenho uma predileção por obras de ficção fantástica – e quanto maior o livro, melhor! Gosto de explorar obras com universos próprios, complexos. E não é baseada apenas nas minhas suposições que digo que os gêneros literários mais apreciados pelos nerds são justamente a ficção fantástica, os quadrinhos e a ficção científica.

De uns anos para cá, as editoras do mercado editorial brasileiro passaram a dar uma atenção especial a esses tipos de obras. Temos sucessos como Harry Potter, As Crônicas de Gelo e Fogo, além das distopias – os livros do momento -, bem como as celebrações de livros da Marvel, confirmando a boa fase dos super-heróis. Há muitos universos a serem explorados e isso é o bacana na literatura. Ela permite que você leia páginas dos mais variados estilos e se identifique com personagens de personalidades completamente diferentes, porque o importante não é o que você veste ou faz, mas sim o que você absorve dessa leitura.

Mas não se preocupe se você continua achando que não se encaixa no mundo considerado “normal”. Você não é o único a se encontrar, de alguma forma, nesse ambiente estranho e incompreendido que rodeia as pessoas conhecidas como nerds – os leitores, é claro. Por isso, seja você mesmo, assuma o seu lado nerd e ame-o! Ser feliz é aceitar quem você é. E seja muito, muito bem-vindo a esse universo fantástico!

Keep Calm Nerd

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário