Conheça ‘Toda Luz Que Não Podemos Ver’, vencedor do Pulitzer

Anthony Doerr, autor de 'Toda Luz Que Não Podemos Ver'/Divulgação Intrínseca
Anthony Doerr, autor de ‘Toda Luz Que Não Podemos Ver’/Divulgação Intrínseca

Uma trama que transcende o tempo e nos faz viajar entre passado, presente e futuro, antes e durante a Segunda Guerra Mundial. Três personagens, três histórias diferentes que se interligam por um mesmo objetivo. Esse é o cenário que Anthony Doerr nos apresenta em seu livro “Toda Luz Que Não Podemos Ver”, vencedor do Prêmio Pulitzer 2015, na categoria ficção. O romance foi publicado aqui no Brasil pela Editora Intrínseca.

Ambientado na Alemanha e na França, o título relata  a ocupação nazista na Europa, através das histórias da pequena Marie-Laure, uma garota cega francesa, Werner, um garoto órfão alemão, e de um oficial nazista em busca de uma joia valiosa. Com mais de um milhão de exemplares vendidos, apenas nos Estados Unidos, o livro – que ocupa há mais de um ano a lista de mais vendidos do jornal norte-americano “New York Times” – também já tem programada uma adaptação cinematográfica, pelo mesmo produtor dos filmes A Rede Social e Capitão Philips. As informações são do site oficial da Intrínseca.

'Toda Luz Que Não Podemos Ver', de Anthony Doerr/Divulgação Intrínseca
‘Toda Luz Que Não Podemos Ver’, de Anthony Doerr/Divulgação Intrínseca

Após o anúncio do prêmio, foram colocadas à venda mais 100 mil cópias da obra pela editora americana do autor. Toda Luz Que Não Podemos Ver é o quinto livro de Doerr, que já publicou também duas coletâneas de contos, um livro de memórias sobre o ano em que viveu na Itália, além de outro romance.

Saiba mais sobre a obra e leia um trecho no site oficial do livro.

Site oficial de 'Toda Luz Que Não Podemos Ver'/Divulgação Intrínseca
Site oficial de ‘Toda Luz Que Não Podemos Ver’/Divulgação Intrínseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.