Geral,  Notícias

Livro em braille traz contos inéditos

Divulgação
Divulgação

A leitura muda a vida de uma pessoa, mas é preciso que os livros estejam ao alcance de todos. Pensando nisso, a DM9Sul é a responsável pela ação Palavras Invisíveis para  Fundação Dorina Nowill, que cuida de pessoas com deficiências visuais. A iniciativa é composta pelo lançamento do livro de mesmo nome, que traz textos inéditos de alguns dos maiores nomes da literatura nacional contemporânea, publicados exclusivamente em braille, num primeiro momento. As informações são da “Exame”.

Dentre os escritores convidados para a campanha estão Luis Fernando Verissimo, Lya Luft, Eliane Brum, Ivan Martins, Fabrício Carpinejar, Martha Medeiros, Tati Bernardi, Carlos de Britto e Mello, Antonio Prata e Estevão Azevedo, que produziram textos a partir do tema “tudo aquilo que não se pode ver”. Os responsáveis pelo projeto afirmam que o objetivo deste trabalho é promover uma conscientização a respeito da necessidade do acesso universal à cultura, uma vez que, segundo a reportagem, “mais de 95% das obras disponíveis no mercado editorial brasileiro não possuem versão em braille”.

Com mais de seis mil títulos e dois milhões de volumes impressos em braille, a Fundação Dorina Nowill tem uma das maiores imprensas braille do Brasil, bem como 500 obras em áudio e aproximadamente outros 900 títulos digitais acessíveis. Palavras Invisíveis será lançado ainda este mês e enviado para as principais bibliotecas públicas do país, com versão também em audiobook.

Para saber mais sobre o projeto acesse o site oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.